quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Programação da 235ª Festa de N. Sra. das Dores




FESTA DE NOSSA SENHORA DAS DORES
06 A 15/09/2012
TEMA: “BENDITA AQUELA QUE ACREDITOU”. Lc 1,45

Caros fiéis, saúdo-vos em Jesus, Maria e José!

“O justo vive da fé”. Gl 3,11

Os fortes ventos de setembro sopram a partir da Serra de Patu, varrem e agitam nossa cidade, preparando-a para a 235ª Festa de Nossa Senhora das Dores, Mãe dadivosa de toda família patuense.
Quando da visita de Maria a Isabel, sua prima cheia do Espírito Santo exclamou: “Bendita aquela que acreditou” Lc 1,45, saudação que propomos como tema da nossa Festa, no contexto do Ano da Fé, que em breve será proclamado pelo Papa Bento XVI, em comemoração aos 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II, que trouxe um novo sopro de vitalidade à Igreja, presente em todos os recantos da terra.
Como os Apóstolos queremos dizer: “Senhor, eu creio, mas aumentai a minha fé” Mc 9,23.
Maria, mãe de todos os fiéis, auxilie-nos na missão de proclamar o evangelho de teu Filho Jesus, para que todos cheguem ao conhecimento da verdadeira fé!

Bem-vindos(as) à Festa da Padroeira de Patu!

Pe. Domingos de Sá Filho, msf
Administrador paroquial

PROGRAMAÇÃO

06/09 – Quinta-Feira
6h – Alvorada festiva
18h30 – Procissão motorizada com a imagem peregrina de Nossa Senhora das Dores.
Percurso: Estação para Igreja Matriz.
19h – Hasteamento da Bandeira da Padroeira e Missa de abertura 235ª Festa de Nossa Senhora das Dores.
Texto Bíblico para meditação: Mt: 2,13-15.19-23 (Pega o menino e sua mãe e foge para o Egito)
Presidente: Pe. George Lourenço dos Santos, msf
Noiteiros: Motoristas, Motoqueiros, Moto Clubes Os Impossíveis do Asfalto e Anjos da Serra , Bairro Nova Brasília e Centro.
Responsáveis: Assis Holanda, Zilklenio Azevedo, Marcone/Alexandre, Junior e Tininha, Chica Boa, Edione, Margarida e Raimunda Dias.

07/09 – Sexta-Feira
19h – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Mt: 12,46-50 (“Eis minha mãe e meus irmãos”)
Presidente: Pe. Maciel Rodrigues (Apodi)
Noiteiros: Curso Bíblico, Focolares, Equipe Litúrgica, Pascom, Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, Pastoral Catequética, Conjunto João Pereira, Comunidades Rurais, Sindicatos Patronal e Rural, SINDSERPUMP e FIOS.
Responsáveis: José Bezerra, Agildo, Raniery, Missionários da Sagrada Família, Gerlúzia, Sandra, João Antônio, Sandoval Dutra, Rita Cândida, Expedito, Jorge Castro, Valdemar, Marcondes, Marilene e demais representantes.

08/09 – Sábado
19h – Oração do Terço, Novena e Missa da Crisma.
Texto Bíblico para meditação: Jo 20,19-23 (“Recebei o Espírito Santo”)
Presidente: Dom Mariano Manzana
Noiteiros: Legião de Maria, Amigos da Sagrada Face, Movimento da Mãe Rainha, Pastoral da Criança, Visão Mundial, Patuenses Ausentes, Bairro Sta. Teresinha e Conjunto Nova Patu.
Responsáveis: Mª Celia, Suelene, Mª Lopes, Rita, Raniery, Belinha, Leidiane, Dutra e Ana Maria, D Neuza, Novinha, Ritinha, Raniely, Edno e Gizelda.
21h – Leilão

09/09 – Domingo
7h30 – Missa
8h30 – Batizados
19 – Oração do Terço, Novena e Missa
Texto Bíblico para meditação: Mc: 7,31-37 (“Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”)
Presidente: Pe. Domingos de Sá Filho, msf
Noiteiros: Ministros da Eucaristia, Hospital Dr. Henderson J. Moura, Clínicas particulares, Rádio Educadora Patuense, PETI, Capela São João Batista e Conjunto Francisco Dantas.
Responsáveis: Neto, Lourdes Pereira, Wanda Godeiro, Raniery, Lenilda,  Dra. Simone, Dr. Alisson, Dr. Ives, Dr Eudes, Dr. Gustavo e José Bezerra.

10/09 – Segunda-Feira
19 – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Lc: 11,27-28 (“Feliz o ventre que te trouxe”)
Presidente: Pe. Cícero Gomes de Lira (Belém do Brejo do Cruz)
Noiteiros: Encontro de Casais com Cristo, Pastoral da Família (Setores: Batismo e Matrimônio), Pastoral do Dízimo, Bairro da Estação.
Responsáveis: Cesanildo e Edivania, Jorge e Lourdes, Raimundo e Leida, Neto, Equipe do Dízimo, Pedro, Cícera Calixta e Luzia.

11/09 – Terça-Feira
19 – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Lc: 2,27-35 (“Senhor quantas vezes devo perdoar, se meu irmão pecar contra mim?”)
Presidente: Pe. Possídio Lopes dos Santos Neto (Martins)
Noiteiros: Terço dos homens, CDL, Banco do Brasil, INSS, Correios, Emater e Sec. de Agricultura, Blogueiros,
Bairro Fomento e Projeto Crescer.
Responsáveis: Júnior, Jaiza, Rodrigo, Lizenir, Irami, Dr. Ricardo e Edvandro, Elione, Gizelda e Egilania.

12/09 – Quarta-Feira
19h – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Lc: 2,41-52 (“Teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura”)
Presidente: Frei Severino Pinheiro da Silva Neto, OFMCap (Catolé do Rocha)
Noiteiros: Pastoral da Juventude (JOCAP e JOVIASC), Grupos de Idosos: João Inácio e Idoso Cidadão, Bairro Pe. José Kruza.   
Responsáveis: Gilzeda, Tanyth e Chrislannia, Lúcia Brígida, Aparecida, Sandoval e Mª José.

13/09 – Quinta-Feira
19h – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Lc: 2,33-35 (“Quanto a ti uma espada te transpassará o coração”).
Pregador: Seminarista Ramilson Raimundo de Moura
Noiteiros: Renovação Carismática Católica, Prefeitura Municipal (Secretarias e funcionários), Câmara Municipal, UERN, Escolas (Estaduais, Municipais, Particulares), Comunidade de Messias.
Responsáveis: Emanuel, Evilásia e Gorete, Maria Helena Gentil, Josenir Calixta, Diretores e Vice-Diretores, e Responsáveis pela comunidade.

14/09 – Sexta-Feira
19h – Oração do Terço e Novena.
Texto Bíblico para meditação: Jo: 3,13-17 (“É necessário que o Filho do Homem seja levantado”).
Presidente: Pe. Domingos de Sá Filho, msf
Noiteiros: Apostolado da Oração, Terço das Mulheres, Poder Judiciário, Ministério Público, Polícias Militar e Civil, Conselho Tutelar e Bairro Costa e Silva.
Responsáveis: D. Salete Dantas, Izenira e Mª Celi, Dr. Valdir Lobo Maia, Dra. Micaele Fortes , Del. Dr. Sandro Regis, Cap. Miriam, Fco. Ramos, Rita Dalvaci e Maria Gorete.

15/09 – Sábado
6h – Alvorada festiva e Canto do ofício de Nossa Senhora
17h – Procissão de encerramento com a imagem de Nossa Senhora das Dores e em seguida, Missa de encerramento da festa.
Texto Bíblico para meditação: Jo: 19,25-27 (“Perto da cruz de Jesus estava, de pé a sua mãe”).
Presidente: Pe. Domingos de Sá Filho, msf

NOTA DE PESAR


A Reitoria do Santuário Nossa Senhora dos Impossíveis e a Paróquia de Patu, vem a público manifestar o seu pesar pelo falecimento da jovemMara Estela, ocorrido nesta terça-feira (28/08/2012) e ao mesmo tempo, se solidarizar com os familiares, amigos e toda comunidade patuense.
Mara Estela uma cristã católica assídua, ativa na pastoral da juventude da Paróquia de Patu, exerceu a função de coordenadora do Grupo de jovens JOVIASC (Jovens Católicos Vivenciando a Arte de servir a Cristo), além da Pastoral de Liturgia, uma jovem de convicção, sonhadora, sábia, perseverante, dedicada e acima de tudo batalhadora e de amizades sinceras.
A ausência nos faz sentir saudades, mas também a presença de alguém que em vida se fez valer pela coragem, determinação, audácia, ousadia, solidariedade fé e amor. 
Descanse em paz Mara Estela.

Patu(RN), 28 de agosto de 2012.

Pe. Domingos de Sá Filho, MSF
REITOR


“Há aqueles que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis”
(Bertold Brecht)

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Parabéns Catequista.

Ontem a Igreja celebrou dentro do mês vocacional o dia do Catequista


ORAÇÃO DO(A) CATEQUISTA
Senhor,
Tu me chamaste a ser Catequista
Na tua Igreja neste imenso Brasil,
Na tua comunidade que também é minha.

Tu me confiaste a missão
De anunciar a tua palavra,
De denunciar o pecado,
De testemunhar, pela minha própria vida,
Os valores do evangelho.

Recuo diante do teu chamado.
É pesada, Senhor, a minha responsabilidade.
Mas, se me escolheste, confio na tua graça.


Caminharemos juntos, Senhor,
Tu, apoiando-me, iluminando-me;
Eu, colocando-me a tua disposição,
À disposição da Igreja,
Preparando-me e atualizando-me sempre mais
Para servir melhor o teu povo.

Faze-me teu instrumento
Para que venha o teu Reino,
Reino de Amor e paz,
de fraternidade e justiça,
Reino, onde Deus será tudo em todos.

Amém!

Fonte: www.santuariodolima.com.br

Cáritas Diocesana elege prioridades e nova Diretoria


 Padre Jandeílson da Cáritas doRegional Nordeste 2
 Padres e agentes de toda Diocese
 A Cáritas da Diocese de Mossoró realizou sua 1ª Assembleia na manhã de hoje, dia 25 de agosto, durante a 3º Trimestral de Pastoral, no Centro de Treinamento, em Mossoró. E contou assessoria do Secretário da Cáritas do Regional Nordeste 2, Padre Jandeílson Alencar.
Na oportunidade os participantes avaliaram, a partir das prioridades da Cáritas Brasileira, as atividades e os projetos desenvolvidos.
A Assembleia deliberou como resposta aos grandes apelos sociais e ambientais da região, quatro diretrizes: Defesa e promoção de direitos; 2. Incidência e controle social das políticas públicas; 3. Construção de um projeto de desenvolvimento solidário e sustentável; 4. Fortalecimento da rede CARITAS, em consonância com as Pastorais sociais.
Durante a Assembleia aconteceu a eleição do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal, ficando assim constituídos:
Conselho Diretor- Presidente- Dom Mariano Manzana, Padre Talvacy Chaves, Iva Bezerra da Costa, José de Arimatéa Morais, Maria Marilza de Freitas Praxedes e Fabricio Edino Barbosa Jales
Conselho Fiscal: Padre Possidio Lopes, Irmã Lusinete Amorim Brito e Gustavo Henrique de Sá Honorato.
Suplentes: WilliamUbirajara da Silva, José Francibergue da Silva e Roseane Maria de Almeida Silveira
A celebração do compromisso do Conselho Diretor e do Conselho Fiscal será por dois anos. Os membros ficaram de apresentar um Novo Estatuto da Cáritas Diocesana na Assembleia Diocesana de Pastoral, marcada para novembro. 
Fonte: blog da diocese

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

VOCAÇÃO: ESCUTAR A VOZ DO SENHOR E SEGUI-LO.

Outra vez celebramos o mês dedicado às vocações, e, com um acento especial, somos chamados a refletir, celebrar e renovar o chamado que o Senhor nos faz. É belo olhar para a comunidade eclesial e perceber que todos somos chamados à Santidade, cada um vivendo o dom que recebeu. Temos sempre que trazer à mente que a santidade de Deus torna-se visível no corpo místico de Cristo, que é a Igreja, através de todos os seus membros: leigos, religiosos, sacerdotes. A comunidade dos filhos de Deus, chamados por Cristo e guiados pelo Espírito, é cada vez mais santa quando cada membro se esforça por corresponder ao seu chamado. Todavia quando não tem consciência do chamado, ou quando responde a outras vozes, o cristão fica perdido sem saber quem é e para onde caminha.
Não escutar a voz do Pastor que chama é uma realidade que afeta todos, mesmo aqueles que são comprometidos com sua vocação. Outras vozes vindas dos três inimigos do homem – ele próprio, o mundo e o maligno – podem ecoar mais fortes querendo determinar as suas orientações e escolhas, de modo que ele fecha os seus ouvidos para Deus e abre-os aos “ídolos” que querem tomar o lugar de Deus. Eis a realidade do mundo em que vivemos: os velhos ídolos do passado ressurgem com nova aparência querendo se estabelecer na vida de cada seguidor de Cristo como seus “senhores” . Não é em vão que o próprio Jesus combate a voz do maligno no deserto, vencendo-o e norteando sua vocação somente ao chamado do Pai, que O elegeu para fazer a Sua Vontade. Precisamos vencer as vozes que com tanta engenhosidade tentam arrastar-nos à tirania do poder, do prazer e da riqueza, como metas de realização da nossa existência.  Será que ainda reconhecemos a voz do Senhor? Ou não sabemos mais distingui-la entre tantas vozes? Só reconhecendo Aquele que nos pode trazer a vida e respondendo SIM ao Seu projeto é que seremos felizes e nos realizaremos plenamente enquanto seres humanos.

Praticamente é impossível não ouvir tantos chamamentos que vêm da realidade tão ruidosa em que vivemos. Eles estão aí, em nós e fora de nós, todos os dias, propondo-nos e atraindo-nos a alternativas de vida sem a participação do Senhor. Não precisamos ir longe para constatar que existe um projeto de vida vocacional totalmente contrário àquele que Deus traçou para seus filhos, e por qual estamos sujeitos a optar. Basta observar os nossos pensamentos: examiná-los torna-nos capazes de perceber que as propostas contrárias ao plano de Deus se encontram dentro de nós próprios. Se não tivermos consciência da nossa vocação e não buscarmos conhecer a Deus, a nós mesmos e o mundo que nos cerca, andaremos perdidos, às apalpadelas, tentando encontrar um rumo para a vida e sendo levados não pelo vento do Espírito, mas pelos furacões destruidores da vida.  Não podemos livrar nossos ouvidos dos apelos do mundo, porém fixando nossa escuta em Jesus, o único que nos pode dar a vida, escutaremos Sua voz, seguiremo-Lo e n’Ele encontraremos a segurança que ansiamos.
Conhecer a si mesmo e a Deus exige de nós uma busca constante. A tradição do Carmelo nos propõe um caminho para essa busca: o silêncio, a meditação da palavra de Deus e a centralidade da eucaristia. Se um (a) carmelita deixa de lado a leitura da Palavra de Deus e a vida eucarística, afasta-se da fonte de sua vocação; e sem o alimento do Pão da Palavra e do Pão do Céu, acompanhado do silêncio para que as vozes interiores e exteriores se calem, ele, simplesmente, se afasta do vínculo de comunicação com o Senhor.  Como escutar o Senhor se Ele não é mais procurado, desejado, querido, amado? O Carmelita é chamado a escutar Deus através de uma atitude orante de vida, cultivada pelo silêncio, pela Palavra e pela Eucaristia. Quanto mais estreitarmos os laços de amizade com Ele, mais Ele nos permitirá conhecer a nós mesmos, pois ao contemplá-Lo, mais perceberemos o quanto somos pecadores e desejaremos participar de Sua santidade. Quanto mais nos afastarmos d’Ele, menos saberemos sobre nós e nos contentaremos com o nada que somos.
Para escutar cotidianamente o Senhor e permanecer no Seu seguimento é imperativo que sejamos cônscios de que nem em nós nem no mundo encontramos palavra de vida eterna. Só Jesus é O que tem palavra de vida eterna. Ele é o Verbo no qual nos movemos, somos e existimos. Deste modo, se Ele é a Palavra Viva e Eterna pela qual tudo foi criado, e para qual tudo converge, acolhamos o Seu chamado. Não Lhe cerremos hoje nossos ouvidos, escutemos Sua voz e O sigamos! Não nos iludamos com palavras que se evaporam no ar e não são capazes de nos fazer felizes. Só Ele tem palavra de salvação.
Frei José Cláudio de A. Batista, O. Carm
Fonte: blog dos frades carmelitas

sábado, 18 de agosto de 2012

Programação- 3ª Romaria da Família


PROGRAMAÇÃO

05h – Acolhida as famílias em frente à Matriz Nossa Senhora das Dores
06h – Procissão até o Santuário Nossa Senhora dos Impossíveis – Celebração Eucarística
09h – Café Partilhado das famílias por Paróquia (levar água, lanche, etc. disposição e muita alegria)
10h – Show religioso com a Banda Mensageiro de Deus – Pau dos Ferros
12h – Despedida

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Semana Nacional da Família - Paróquia de Patu

PROGRAMAÇÃO
  • 13/08/2012-SEGUNDA-FEIRA
19:00h  - SITIO CAJUEIRO
Horário de saída: Às 18:00 em frente ao Hospital Municipal Aderson Dutra.
Tema: A família gera a vida.
Responsável: Cezanildo e Edivânia.

  • 14/08/2012- TERÇA-FEIRA
18:00h - SITIO GAMELEIRA
Horário de saída: Às 17:00 em frente a lanchonete de Rolé.
Tema: A família e a superação das dificuldades.
Responsável: João e Irismar.

  • 15/08/2012- QUARTA-FEIRA
 18:00h - SITIO JATOBÁ
Horário de saída: Às 17:00 em frente a lanchonete de Rolé.
Tema: Família geradora de uma sociedade justa e fraterna.
Responsável:  Maria Cândida e Chico.
  • 16/08/2012 – QUINTA-FEIRA
19:00h - SITIO MORADA NOVA
Horário de saída: Às 18:00 em frente ao Hospital Municipal Aderson Dutra.
Tema: A festa, tempo para a família.
Responsável: João e Rosângela.  
  • 17/08/2012- SEXTA-FEIRA
19:00h – MESSIAS TARGINO
Horário de saída: Às 18:00 em frente a lanchonete de Rolé.
Tema: Trabalho, desafio para a família.
Responsável: Lourdes e Jorge.
  • 18/08/2012- SÁBADO)
Organização da Romaria das famílias.
  • 19/08/2012- DOMINGO
SANTUÁRIO DO LIMA
Encerramento da Semana com a Romaria das famílias.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Semana Nacional da Família - 2012


A Semana Nacional da Família tem como objetivo geral promover, fortalecer e evangelizar a família, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, (cf. Jo 10,10) rumo ao Reino definitivo (DGAE) e, assume como desafio os mesmos objetivos da Pastoral Familiar, dentre eles:
- o de formar agentes qualificados que transmitam os ensinamentos da Igreja com simplicidade, clareza e precisão, sem prescindir da compreensão e da caridade cristãs perante as diversas realidades vividas pelos casais, acolhendo toda e qualquer realidade familiar;
- o de promover o fortalecimento dos laços familiares nos ensinamentos evangélicos e apontar caminhos para a solução das crises e dos problemas intrafamiliares de todo tipo;
-o de incentivar o crescimento da espiritualidade familiar de diferentes maneiras, de tal modo que pais e filhos encontrem, no lar o ambiente mais propício para o desenvolvimento da sua vida crista;
- o de unir esforços para que a família seja, de fato, um santuário da vida, valorizando o ser humano em todos os seus estágios, desde a concepção até a morte natural, contrapondo as leis que contrariam essa verdade natural;
- o de despertar a família para sua missão sagrada, insubstituível e inalienável de educadora, de escola onde se aprendem e experimentam os valores humanos e evangélicos/religiosos;
- o de motivar o sentido missionário da família, buscando todos os meios para sanar e fortificar esta “célula” básica da sociedade da qual deriva o vigor a todo o organismo social, podendo utilizar o recurso de Associações de Família;
- o de oferecer contínuo apoio aos casais e famílias das comunidades e paróquias, e reaproximar as famílias afastadas da Igreja, promovendo a participação das famílias nos tempos litúrgicos mais importantes e igualmente suscitar reuniões de reflexão de subsídios especialmente preparados para esse fim e eventos celebrativos.
- e por fim, o de prosseguir na articulação e na busca de apoio dos integrantes dos Movimentos, Serviços e Institutos Familiares e de promoção e defesa da vida.
Pe. Wladimir Porreca

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Bispo de Caicó é transferido para Campina Grande-PB


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe, com alegria, a nomeação de dom Manoel Delson Pedreira da Cruz como o novo bispo diocesano de Campina Grande (PB). O Papa Bento XVI envia à Igreja no Brasil, mais uma vez, com particular bondade e carinho, um pastor. Ele deixa a diocese de Caicó (RN) e vai suceder dom Jaime Vieira Rocha, a quem ele sucedera também na atual diocese.
Dom Delson, como é conhecido, é baiano, capuchinho, licenciado em Letras e mestre em Comunicação social. Além desta formação acadêmica, do itinerário percorrido no ministério como sacerdote quando exerceu diversos serviços em sua ordem religiosa tanto como ministro provincial como no trabalho junto ao governo geral como Definidor Geral, ele tem sido um pastor exemplar nas comunidades para as quais foi enviado como bispo.
Seu lema episcopal, “Ide aos meus irmãos” (Jo 20,17), espelha disponibilidade e inspiração para todos nós, seus irmãos no episcopado, o clero e todo o povo de Deus. Fazemos, nesse espírito, os melhores votos de que esse tempo que se inaugura seja pleno de frutos para a expansão do Reino de Deus entre nós.
Unimo-nos às comunidades da diocese de Caicó que envia, com generosidade, dom Delson a outra porção da Igreja. E estamos juntos com à diocese de Campina Grande que aguardou, com esperança, a chegada do novo bispo e que, agora, celebra, com satisfação, a nomeação do seu pastor. Damos um abraço agradecido ao Pe. Márcio Henrique que tem prestado seu serviço como administrador diocesano e cumprimentamos dom Delson manifestando nossa fraterna acolhida.
Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

domingo, 5 de agosto de 2012

Mês Vocacional - Dia do Sacerdote


http://4.bp.blogspot.com/-V0hRlG8K2IM/TlOGVRI9IoI/AAAAAAAAAyY/hIBCxAvMq1k/s1600/MISSA.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-iYGbPF1XjQI/TqNFEdshdDI/AAAAAAAAAfk/-baSH5-2uR0/s400/MISSA10.JPG

Vocês sabem o que significa a palavra padre?
Significa “pai”, assim como o pai cuida de seus filhos o padre cuida daqueles que participam da nossa paróquia para que cresçam como verdadeiros filhos de Deus.
Ser padre é ser abençoado e verdadeiramente escolhido por Deus. Sem dúvida nenhuma, somente alguém que tem Deus ao seu lado é capaz de realizar tantos feitos como celebrar a Eucaristia, pregar o Evangelho, acolher os pecadores, orientar e acompanhar como somente um pai pode fazer. Um pai espiritual dado pelo Senhor para nos guiar no caminho da salvação.
O padre, como todos nós podemos ver, é o primeiro missionário de nossa comunidade. Ele está sempre conosco, atendendo as necessidades do povo, instruindo, confortando, visitando famílias, doentes, rezando missas, atendendo os pobres. Ser padre não é uma tarefa fácil! Deixar tudo é entregar-se completamente nas mãos do Senhor. Esta vocação pede força e fé. Muita fé.
O padre é sinal de Deus, ele prega a Palavra de Deus e consagra as hóstias, pedacinhos de pão que se tornam o Corpo de Jesus. Por isso Deus chama para a vida sacerdotal quem tem um coração aberto para servir e se desapegar de tantas coisas que para nós, parecem tão importantes. A grande riqueza do padre é Jesus que ele escolheu seguir por toda a vida. O padre precisa de nós tanto quanto nós dele. Precisa do nosso apoio, colaboração e compreensão; precisa do nosso amor, da nossa amizade e de nossas orações, para que Deus lhe dê animo e coragem para seguir confiante e com alegria em sua missão.
Ter um padre em nossas comunidades é uma benção de Deus e isto precisa ser celebrado com muito amor e alegria.
Parabéns aos padres DOMINGOS e GEORGE, que Deus renove diariamente a belíssima vocação a que foram chamados e a qual disseram SIM.
Deus os abençoe e guarde! Somos todos que fazemos a Paróquia de Patu e os Romeiros do Santuário do Lima.





quinta-feira, 2 de agosto de 2012

NOTA DE PESAR

A Reitoria do Santuário Nossa Senhora dos Impossíveis (MSF), vem a público manifestar o seu pesar pelo falecimento do artesão Ivan Madruga, ocorrido nesta quarta-feira (1º/08/2012) e ao mesmo tempo, se solidarizar com os familiares, amigos e toda comunidade patuense.
O trabalho de Ivan Madruga deixa um grande legado para a arte em madeira e também exemplo de amor pelas belezas naturais de Patu, com seu trabalho manual divulgava a cidade de Patu em todos os lugares que passava.
A ausência nos faz sentir saudades, mas também a presença de alguém que em vida se fez valer pela coragem, determinação, audácia, ousadia, solidariedade fé e amor. A nós cabe o dever do zelo, da vigilância, do cuidado, por seu legado tão precioso e tão raro no contexto da valorização do nosso Santuário do Lima e também da cidade de Patu.
Descanse em paz Ivan Brasil Madruga.

Patu(RN), 02 de agosto de 2012.

Pe. Domingos de Sá Filho, MSF
REITOR
“Há aqueles que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis”
(Bertold Brecht)