segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

SOBRE A PRIMEIRA LEITURA DO 2 DOMINGO DO TEMPO COMUM


A Liturgia da Palavra do segundo domingo do tempo comum do ano B, como hoje, é uma das mais ricas de todo o ano! Aqui, compartilho uma pequena observação a respeito da primeira leitura, o relato da vocação de Samuel (1Sm 3,3b-10.19).

Samuel morava no templo, passava dia e noite na casa do Senhor: “Samuel estava dormindo no templo do Senhor, onde se encontrava a arca de Deus” (1 Sm 3,3b). Certamente, ele participava cotidianamente dos ofícios litúrgicos, conhecia todos utensílios sagrados para o culto, deveria saber de memória os pormenores do ritual, as rubricas e prescrições. No entanto, “Samuel ainda não conhecia o Senhor” (1 Sm 3,7a), por isso, não reconheceu que a voz que lhe chamava era de Deus.

Resumindo: Samuel era um homem do culto, mas não conhecia a voz (palavra) de Deus. Impossível não associar esse texto às circunstâncias atuais, com tantas experiências estéreis de ritualismo, devocionismo, sem conhecimento (experiência) de Deus por falta de contato com a sua Palavra. Não basta estar no templo, frequentar o culto, praticar ritos e conhecer objetos litúrgicos sem abertura à Palavra de Deus.

(Pe. Francisco Cornelio, Mossoró-RN, 14/01/2018)

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A religião da Palavra

No próximo domingo, dia 24, celebraremos o dia nacional da Bíblia, dedicado a despertar e promover entre os fiéis o conhecimento e o amor dos Livros Sagrados, a Palavra de Deus escrita, redigida sob a moção do Divino Espírito Santo, motivando-os para sua leitura cotidiana, atenta e piedosa e, ao mesmo tempo, premunindo-os contra os erros correntes com relação à Bíblia mal interpretada.
“Na Igreja, veneramos extremamente as Sagradas Escrituras, apesar da fé cristã não ser uma ‘religião do Livro’: o cristianismo é a ‘religião da Palavra de Deus’, não de ‘uma palavra escrita e muda, mas do Verbo encarnado e vivo’” (Verbum Domini – Bento XVI -, 7)
É de São Jerônimo, o grande tradutor dos Livros Santos, a célebre frase: “Ignorar a Sagrada Escritura é ignorar o próprio Cristo”. Portanto, o conhecimento e o amor às Escrituras decorrem do conhecimento e do amor que todos devemos a Nosso Senhor.
O ponto central da Bíblia, convergência de todas as profecias, é Jesus Cristo. O Antigo Testamento é preparação para a sua vinda e o Novo, a realização do seu Reino. “O Novo estava latente no Antigo e o Antigo se esclarece no Novo” (Santo Agostinho).
Dizemos que a Bíblia é um livro divino e humano: inspirada por Deus, mas escrita por homens, por Deus movidos e assistidos enquanto escreviam.
A Bíblia não é um livro só, mas um conjunto de 73 livros, redigidos por autores diferentes em épocas, línguas, estilos e locais diversos, num espaço de tempo de cerca de mil e quinhentos anos. Sua unidade se deve ao fato de terem sido todos eles inspirados por Deus, seu autor principal e garantia da sua inerrância.
Mas a Bíblia não é um livro de ciências humanas. Por isso a Igreja Católica reprova a leitura fundamentalista da Bíblia, que teve sua origem na época da Reforma Protestante e que pretende dar a ela uma interpretação literal em todos os seus detalhes, o que não é correto.
Além disso, a Bíblia não é um livro fácil de ser lido e interpretado. São Pedro, falando das Epístolas de São Paulo, nos diz que “nelas há algumas passagens difíceis de entender, cujo sentido os espíritos ignorantes ou pouco fortalecidos deturpam, para a sua própria ruína, como o fazem também com as demais Escrituras” (II Pd 3, 16).
Por isso, o mesmo São Pedro nos adverte: “Sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal. Porque jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus” (2Pd 1, 20-21).  Assim, o ofício de interpretar autenticamente a Palavra de Deus escrita (a Bíblia Sagrada) ou transmitida oralmente (a Sagrada Tradição) foi confiado unicamente ao Magistério vivo da Igreja, cuja autoridade se exerce em nome de Jesus Cristo, que disse aos Apóstolos e seus sucessores “até a consumação dos séculos”: “Ide e ensinai a todos os povos tudo o que vos ensinei… quem vos ouve a mim ouve”.
 Dom Fernando Arêas Rifan
Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney

segunda-feira, 4 de setembro de 2017





FESTA DE NOSSA SENHORA DAS DORES – 240ª
06 A 15/09/2017
 CONSAGRADOS A VIRGEM MARIA, CONSTRUAMOS UM MUNDO DE PAZ!

Estimados paroquianos, e demais irmãos na fé!
Com muita alegria e júbilo chegamos a mais uma festa de nossa querida padroeira Nossa Senhora das Dores, tempo especial para a vida de nossa comunidade paroquia, oportunidade de crescimento na fé e na fraternidade. Esse ano, diante de um contexto de tanta violência que fere a vida, queremos pedir a Mãe das Dores que nos ensine, a luz de seu filho Jesus, a construir uma sociedade onde haja paz.
Cheios de fé, alegria e esperança, participemos deste tempo de graça.
Sejam todos bem vindos!
Pe. Américo Leite, MSF
Pároco

Programação
06/09 - QUARTA-FEIRA
19h - Hasteamento da Bandeira e Missa de abertura.             
             Show religioso - Joana
PE. George Lourenço, MSF
Noiteiros: Proprietários de carros, Motoqueiros, Moto Clubes os Impossíveis do Asfalto e Anjos da Serra,  Bairros Nova Brasília e Centro, Comunidade Santo Antônio – Morada Nova e Creches Raimunda Ernesto da Silva, Aluísio Alves e Carmelita Rocha.
Responsáveis: Assis Holanda, Resinaldo, Marcone, João Antônio e Socorrinha, Tinininha, Raimunda Dias,Terezinha, Marilene  e Gerluzia.
07/09 - QUINTA-FEIRA
18:30 - Recitação do terço.
19h - Missa.
Pe. Domingos de Sá Filho, MSF.
Noiteiros: Legião de Maria, Movimento de Mãe Rainha, Pastoral da Criança, PDA – Novo Sertão, Centro de Juazeiro, Coroinhas, Comunidade da Sagrada Família - Gameleira, Bairros Sta. Teresinha e Conjunto Nova Patu,  Escola Municipal Raimundo Rocha, Missionários da Sagrada Família.
Responsáveis: Fátima, Rita, Ritinha, Nazaré, Jucileide,  Expedito, Rita Cândida,  D. Neuza, Glória, Rita de Cássia e Pe. Américo
         08/09 - SEXTA-FEIRA
18:30 - Recitação do terço.
19h -  Missa
Pe. Janedsom.
Noiteiros: Estudo Bíblico, Focolares, Equipe Litúrgica, Pastoral Catequética, Terço da misericórdia, Infância Missionaria, Casa de Oração,Terço das Crianças, Conjunto João Pereira, Sindicatos Patronal e Rural, Sindicato dos Servidores Público Municipal, Fórum de Integração das Organizações Sociais(FIOS), Comunidade São Benedito -Jatobá, Escola Municipal Francisco Francelino de Moura, Apostolado e MEJ.
Responsáveis: José Bezerra, Agildo, Ruth, D. Balbina, Rita de Cassia, Maria Celi Suassuna e Xandinho, Kaliane, Lourdes, Lenilda, Lucélia,  Marcondes, Petronilo, Aluisio Dutra, Sandra e Junior, Marilene e Lenilda
09/09 – SÁBADO
10h -  Feirinha de Nossa Senhora das Dores -  Pátio da Matriz.
13h  - Leilão - Pátio da Matriz.
18:30 - Recitação do Terço.
19h - Missa. 
Pe. Américo Leite, MSF.
Após a Missa, apresentação da violinista de Natal.
Noiteiros: Patuenses Ausentes, Grupos de Idosos: João Inácio e Idoso Cidadão, Comunidade N. S. de Fátima - Cajueiro, Escola João Godeiro, Academia Patuense de Letras e Artes – (APLA)  e Bairro Pe. José Kruza E Banda de música Luiz de França Dantas.
Responsáveis: Dutra, Assis Oliveira, Canuto e Beta, Lúcia Brígida, Luciene, Junior e Socorrinha, Mª José, Socorrinha, Petronilo e Josineudo.
10/09 – DOMINGO
18:30 - Recitação do Terço.
19h – Missa
e. Islan Alves Gonçalves, MSF.
Noiteiros: Ministros da Eucaristia, Hospital Dr. Henderson J. Moura, Clínicas particulares, Rádio Educadora Patuense, Comunidade São José - Saco, Ginásio Comercial, Av. Lauro Maia, Bento Bandeira, Conjunto Francisco Dantas, Juventude e Paróquia de São Lázaro-Betania-PE.
Responsáveis: Francisco Lima, Hérica, Wanda Godeiro, Zilklenio Azevedo, Dr. Kleber, Dra. Simone, Dr.Alison, Dr. Ives, Dr. Eudes, Dr. Gustavo, Dr. Ulpiano, Itala Jordana, José Bezerra, Lilian, Fátima, Marilene,  Gilcilene e Paulo
11/09 – SEGUNDA - FEIRA
18:30 -  Recitação do Terço.
19h - Missa. 
Pe. Edcarlos – Diocese de Floresta
Noiteiros: Encontro de Casais com Cristo(ECC), Pastoral da família (Setores: Batismo e Matrimônio), Comunidade N. S. da Conceição – Fortuna e Escondido, Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes e Bairro Estação, Paróquia de São Lázaro – Betânia – PE.
Responsáveis: Equipe Dirigente, Jorge e Lourdes, Cesanildo e Edivania, Souza e Cinete, Raimundo e Leida, Fabiana, Jane e Cícera
12/09 - TERÇA-FEIRA
18:30 - Recitação do Terço.
19h - Missa.
Pe. Antônio Rogério – Diocese de Afogados da Ingazeira
Noiteiros: Terço dos homens, Pastoral da Esperança, CDL e comerciantes, Banco do Brasil, INSS, Correios, Emater, Blogueiros, Comunidade São Miguel Arcanjo - Carnauba, Escola Estadual Dr. Edino Jales, Bairros: Fomento e Projeto Crescer.
Responsáveis: Adalberto, Júnior, Fábio, Aparecida Shalane Godeiro, Genival, Lizenir, Arione, Joesio, Bruno Campelo, Aluisio Dutra, Raniery, Lenilda e Leonardo e Terezinha.
13/09 - QUARTA-FEIRA
18:30 -  Recitação do Terço.
19H - Missa.
Frei Severino, OFMcap – Catolé do Rocha
Noiteiros: Terço das Mulheres, Poder Judiciário, Ministério Público, Polícias Militar e Civil, Conselho Tutelar, Bairro Costa e Silva, Comunidades São João Batista, N. S. das Graças - Messias Targino,  Educandário Santa Terezinha.
Responsáveis: Samarilene Kaliane, Nevinha, Gerlúzia,Dr. Renan Brandão, Dr. Diogo, Del. Dr. Paulo, Cap. Aderlan, Netinho, Rita Dalvaci, Gracinha, Ismael, Leidiane, Jean e Luciene.
14/09 - QUINTA-FEIRA
19h - Missa.
Dom Gabriele Marchesi – Bispo da Diocese de Floresta.
Noiteiros: Pastoral do Dízmo, Prefeitura Municipal (Secretarias e Funcionários), Câmara Municipal, UERN, Escola Raimundo Nonato da Silva, Comunidade Santa Terezinha, Renovação Carismática Católica e Mães que Oram pelos filhos.
Responsáveis: Edno, Rivelino Câmara, Lucélia Ribeiro , Josenir Calixta, Francisco de Assis e Alcivam e Odilia, Lourdes e Aparecida.
15/09 - SEXTA-FEIRA
17h - Procissão de encerramento da festa
18h - Missa Solene
Pe. Americo Leite, MSF.
            
Todos os dias teremos confissões a partir das 18h